Vice-reitoria se reúne com as coordenações de Campi e do Parfor

A vice-reitoria da UFPA realizou na tarde de terça-feira (12) uma reunião extraordinária com a Coordenação Geral do Plano Nacional de Formação de Professores (Parfor) e os coordenadores de Campi da universidade, no Ateliê de Artes do bloco profissional, onde fica a sede do Parfor. Na pauta da discussão, as novas deliberações administrativas do programa e o futuro da formação de professores diante do atual cenário político do país.

Para o coordenador do Parfor, professor Márcio Nascimento, a participação dos Campi é fundamental para o programa. “É muito importante o envolvimento dos Campi no Parfor porque exatamente a maior demanda e oferta de cursos acontece no interior. É importante que os campi estejam integrados para novas turmas do Parfor, Profic ou qualquer programa que a Capes venha a constituir após a demanda da Plataforma Freire 2”, explicou o coordenador.

Reunião com as coordenações de Campi e do Parfor

Participou da reunião o vice-reitor, professor Gilmar Pereira; o pró-reitor de extensão, Nelson Souza Junior; os coordenadores do Parfor UFPA, professores Márcio Nascimento e Josenilda Maués; além dos representantes dos campi de Abaetetuba, Altamira; Bragança, Breves, Cametá; Capanema, Castanhal; Salinas; Soure e Tucuruí.

“Os campi da universidade articulam com as prefeituras para que possamos criar condições para que os cursos sejam ofertados, para que os professores da educação básica possam realizar o curso que desejam conforme necessidade da região. O Parfor é assumido pelo Campus Universitário do Tocantins fazendo mediações com as prefeituras, dando seu espaço para que os alunos do Parfor, que são alunos da Universidade Federal do Pará possam nele estudar com todos os ônus e bônus de fazer interiorização na Amazônia”, ressaltou o coordenador do campus de Cametá, professor Doriedson Rodrigues.

 

Publicado em 13/12/2017.

 

#RESISTEPARFOR

Calendário de Aula

Calendário

Etapa 2018.1 

Redes Sociais

Apoio