Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
Encontros acadêmicos levam teoria e prática aos alunos do Parfor
Parfor UFPA concorre a novas turmas no edital 2018 lançado pela Capes

Notícias

Encontros acadêmicos levam teoria e prática aos alunos do Parfor

Uma mobilização conjunta da Coordenação Geral do Parfor, das Coordenações de Curso e Coordenações Locais possibilitou a realização de um grande evento que levou teoria e prática para os professores da Educação Básica em formação pelo Parfor. De 30 de abril a 4 de maio, período marcados no calendário para a entre etapa, os alunos do Parfor receberam a intensa programação dos Encontros Acadêmicos, ofertados simultaneamente em  Abaetetuba, Cametá, Breves, Santarém, Castanhal, Tucuruí e Capitão Poço.

Veja as fotos dos Encontros Acadêmicos no Facebook do PARFOR UFPA.  

A programação, composta por palestras, oficinas e ricas trocas de experiências, foi pensada cuidadosamente por cada curso para atender os discentes com conhecimentos fundamentais tanto para a vida acadêmica quanto para a prática nas salas de aula.  A coordenação do evento estima que cerca de 1.500 professores-alunos tenham sido alcançados com o evento.

A professora da Educação Infantil de Santarém Novo, Heloise Correa, de 30 anos, aprovou a programação para as turmas de Pedagogia no polo Castanhal. Ela participou da Oficina de Jogos com a professora Rita Figueiredo.

“É mais um aprendizado na nossa formação, vou chegar na escola e confeccionar os jogos  junto com os alunos. Criança é curiosa. Eles vão ficar felizes. Fiz o jogo do boliche matemático para turma do segundo ano, que já são maiores e alguns já sabem ler. E o outro foi quebra-cabeça do corpo humano. A professora ficou impressiona com o corpo humano que fiz”, contou entusiasmada Heloíse.

A discente Maria Eliana Santos, de 42 anos, professora da pré-escola e dos anos iniciais em Irituia e São Miguel do Guamá também participou da programação dos Encontros Acadêmicos e considerou o momento muito proveitoso.

“Foi muito boa a semana toda, a gente aprendeu a fazer jogos. Já trabalhava em sala, mas quando nos reunimos, as idéias fluem melhor. Foi muito proveitoso. A gente faz aquilo que gosta de desenvolver em sala de aula, trabalha a Matemática, dezena, unidade, centena, adição, subtração no mesmo jogo. Alguns alunos que têm dificuldade em aprender vão compreender melhor jogando, vai estimular os alunos”, afirma Eliana.

A professora Rita Figueiredo foi quem ministrou a Oficina de Jogos. Ela vem ensinando diversos alunos a confeccionarem os jogos e vai lançar um livro sobre as atividades desenvolvidas no Parfor.

“Os alunos se empenharam bastante e conseguiram fazer os projetos. Trabalho a parte teórica, que é mostrar diferentes materiais para reciclagem, a importância da brincadeira, dos jogos e depois parto para parte prática. Eles fazem o projeto do jogo, com os recursos, tempo. Por último a confecção do jogo e depois mostram como ficaram os jogo e percebem o que deu certo e o que precisa ser refeito, se alcançaram os objetivos”, explica a professora Rita Figueiredo.

No polo Santarém, o Encontro Acadêmico foi prestigiado pelo Vice-Reitor da UFPA, professor Gilmar Pereira. O mesmo ministrou palestra sobre a formação de professores aos alunos presentes.

Em Abaetetuba, além dos discentes do pólo, participaram das atividades alunos de Muaná, Igarapé-Miri e outras cidades. Uma das oficinas ofertadas foi a de Grafitti com a professora Marcele e professor Sandro, pelo curso de Artes Visuais.

Os alunos fizeram atividades práticas no espaço e ficaram muito satisfeitos com o resultado e com a iniciativa. “Foi uma semana muito produtiva, maravilhosa! Muito boa essa oficina! São maravilhosas as técnicas de como trabalhar com spray, não sabíamos. É muito gratificante. Depois que a gente faz e vê, a produção é contagiante. A gente olha e nem acredita que fomos nós que fizemos!”, defende a professora-aluna Célia Regina Nogueira, de 40 anos, de Abaetetuba.  

As palestras teriam que ser promovidas todos os anos. Muito produtivas, não só para a turma de Artes. Um trabalho maravilhoso que o Parfor está fazendo. As palestras sobre educação engrandeceram nosso dia a dia em sala de aula”, ressaltou a discente Célia Regina.

Para a Coordenação Geral do Parfor, a finalidade do evento foi alcançada. “O objetivo era inserir de alguma forma os professores que estão em formação pelo Parfor em outra dinâmica acadêmica que não necessariamente aquela das disciplinas cursadas durante as etapas. A possibilidade de diálogo com pesquisadores, de fazer experimentos práticos por meio das oficinas; de interagirem com outros componentes curriculares que não são somente disciplinas. Nesse sentido, os encontros são importantes e cumpriram seus objetivos”, afirmou a professora Josenilda Maués, coordenadora adjunta do Parfor UFPA.

Além do cunho acadêmico, os encontros discutiram temas contemporâneos importantes no atual cenário político. “Esses Encontros Acadêmicos foram pensados também para que os alunos tivessem contato com os temas nacionais vigentes, principalmente a questão da luta para a manutenção do Parfor”, pontuou o coordenador geral do Parfor, professor Márcio Nascimento.  

 

Publicado em 08/05/2018.

#RESISTEPARFOR

Calendário de Aula

Calendário

Etapa 2018.1 

Redes Sociais

Apoio