O que é o Parfor

 

O Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica é resultado da ação conjunta do Ministério da Educação (MEC), de Instituições Públicas de Educação Superior (IPES) e das Secretarias de Educação dos Estados e Municípios, no âmbito do PDE - Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação – que estabeleceu no país um novo regime de colaboração da União com os estados e municípios, respeitando a de autonomia dos entes federados.

 

A partir de 2007, com a adesão ao Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, os estados e municípios elaboraram seus respectivos Planos de Ações Articuladas, onde puderam refletir suas necessidades e aspirações, em termos de ações, demandas, prioridades e metodologias, visando assegurar a formação exigida na LDB para todos os professores que atuam na educação básica.

 

Os Planejamentos Estratégicos foram aprimorados com o Decreto 6.755, de janeiro de 2009, que instituiu a Política Nacional de Formação dos Profissionais do Magistério da Educação Básica, com a finalidade de organizar, em regime de colaboração da União com os estados, Distrito Federal e municípios, a formação inicial e continuada desses profissionais.

 

O Plano Nacional de Formação é destinado aos professores em exercício das escolas públicas estaduais e municipais sem formação adequada à LDB, oferecendo cursos superiores públicos, gratuitos e de qualidade, com a oferta cobrindo os municípios de 21 estados da Federação, por meio de 76 Instituições Públicas de Educação Superior, das quais 48 Federais e 28 Estaduais, com a colaboração de 14 universidades comunitárias.

 

Por meio deste Plano, o docente sem formação adequada poderá se graduar nos cursos de 1ª Licenciatura, com carga horária de 2.800 horas mais 400 horas de estágio para professores sem graduação. Todas as licenciaturas das áreas de conhecimento da educação básica serão ministradas no Plano, com cursos gratuitos para professores em exercício das escolas públicas, nas modalidades presencial e a distância.

 

O professor fará sua inscrição nos cursos por meio de um sistema desenvolvido pelo MEC denominado Plataforma Paulo Freire, onde também terá seu currículo cadastrado e atualizado. A partir da pré-inscrição dos professores e da oferta de formação pelas IES públicas, as secretarias estaduais e municipais de educação terão na Plataforma Freire um instrumento de planejamento estratégico capaz de adequar a oferta das IES públicas à demanda dos professores e às necessidades reais das escolas de suas redes.

PARFOR UFPA
Ao firmar Acordo de Cooperação Técnica junto a CAPES, em Maio de 2009, a Universidade Federal do Pará assumiu uma decisão politicamente estratégica ante os desafios sinalizados pelo Plano Decenal de Formação Docente do Estado do Pará que apontava para um quadro de 40 mil professores em exercício, nas redes públicas do Estado do Pará, sem a formação legalmente exigida para atuação em território nacional. Considerando sua capacidade instalada e a experiência já acumulada no processo de interiorização, a UFPA colocou-se o desafio de investir na formação de 14 mil desses professores e, assim, mobilizou o conjunto de suas Unidades Acadêmicas envolvidas com a oferta de licenciaturas para assumir essa tarefa.

Dentre os formatos previstos pelo Programa, a UFPA optou por ofertar cursos na modalidade presencial envolvendo suas unidades e subunidades acadêmicas em um processo de reconfiguração e adequação de seus projetos pedagógicos de modo a conectar-se aos princípios estruturantes propostos pela Política Nacional de Formação de professores e dar conta de um diálogo efetivo e profícuo entre a formação oferecida e a realidade e desafios da educação básica, considerando que os docentes em formação acumulam vasta experiência nesse nível de ensino.

Em julho de 2009 a Universidade Federal do Pará disponibilizou sua primeira oferta na Plataforma Freire, tendo iniciado em Janeiro de 2010 os cursos de Ciências Naturais, Matemática, Letras/ Língua Portuguesa, Geografia, História  e Pedagogia num total de 14 turmas distribuídas nos campi de Abaetetuba, Bragança, Belém e Cametá, com matrícula inicial de 470 alunos.

Em 21 de Dezembro de 2009 o Conselho Superior de Ensino e Pesquisa aprovou a oferta dos cursos para o quarto período letivo de 2009 (Resolução nº 3.921/2009), a partir de projetos pedagógicos diferenciados e aprovados por essa mesma instância colegiada superior. Os cursos ofertados praticam calendário de regime intervalar intensivo, nos meses de janeiro, fevereiro, julho e agosto.

Já em 2010 a UFPA passou a ofertar as Licenciaturas em Artes Visuais, Biologia, Dança, Educação Física, Filosofia, Letras / Língua Espanhola, Letras / Língua Inglesa, Música, Química e Teatro saltando para um total de 4.934 alunos matriculados. A partir desse ano, as 21 Licenciaturas realizaram o processo de reorientação de seus projetos pedagógicos adequando-os ao tempo, espaço e público em formação e oferecendo regularmente novas turmas a cada demanda semestral e, a partir de 2013, anual.

De 2009 a 2017, o Programa atendeu 13.669 professores da rede pública. Nesses oito anos foram implantadas 410 turmas em 66 municípios polo, localizados estrategicamente nas seis mesorregiões do Pará. O Parfor UFPA já apresenta o resultado de 251 turmas concluídas e 5.465 professores diplomados entregues ao estado. 

O esforço institucional requer a mobilização de 1.200 professores da instituição e 53 colaboradores que acorrem aos polos para aproximar cada vez mais a UFPA dos lugares onde as demandas de formação se fazem mais prementes e onde, de outro modo, dificilmente a Universidade chegaria, corroborando o empenho institucional na ampliação das oportunidades de formação superior dos docentes em exercício nas escolas das redes públicas de Educação Básica do Estado do Pará.



CURSOS

Atualmente a UFPA oferta 21 cursos de licenciatura no Parfor:

CURSO DE TEATRO

CURSO DE MÚSICA

CURSO DE DANÇA

CURSO DE ARTES VISUAIS

CURSO DE LETRAS – LÍNGUA PORTUGUESA

CURSO DE LETRAS – LÍNGUA INGLESA

CURSO DE LETRAS – LÍNGUA ESPANHOLA

CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

CURSO DE GEOGRAFIA

CURSO DE FILOSOFIA

CURSO DE HISTÓRIA

CURSO DE FÍSICA

CURSO DE MATEMÁTICA

CURSO DE CIÊNCIAS NATURAIS 

CURSO DE QUÍMICA

CURSO DE PEDAGOGIA 

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

CURSO DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS MATEMÁTICA E LINGUAGENS

Redes Sociais

Apoio