Banner Transmissão Ao Vivo

AEDi visita polo da UAB em Cametá e realiza grupo de discussão com alunos

AEDi visita polo da UAB em Cametá e realiza grupo de discussão com alunos

No último dia 20 de setembro de 2016, a equipe da Assessoria de Educação a Distância (AEDi), por meio do Laboratório de Pesquisa e Experimentação em Multimídia, esteve no polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) no município de Cametá. Além de visita e reunião de trabalho com a coordenação do polo, foram realizados grupos de discussão envolvendo alunos dos cursos de graduação na modalidade a distância, ofertados no polo.

Entre os espaços visitados está o Laboratório de Biologia, que está preparado para receber os futuros alunos do Curso de Licenciatura em Biologia da UFPA, na modalidade a distância, a serem selecionados via edital de seleção que será publicado nos próximos meses. Ao todo serão ofertadas 120 vagas, sendo 40 no polo de Cametá, 40 em Breves e 40 em Marabá.

 

Durante a visita, a equipe da AEDI conversou com 11 alunos do polo, entre egressos e regulares, dos cursos de Licenciatura Plena em Matemática e de Bacharelado em Administração Pública, ambos ofertados na modalidade a distância pela UFPA. Ao todo foram realizados dois grupos, cada um com aproximadamente 80 minutos de duração.

Entre os assuntos que basearam a conversa com os alunos destacam-se: perfil dos estudantes que ingressam nos cursos do polo de Cametá; expectativas para a formação em nível superior; vantagens e desvantagens da modalidade a distância; processo de ensino aprendizagem nessa modalidade; importância da formação de professores para os municípios do baixo Tocantins; objetivos profissionais dos egressos dos cursos; entre outros.  

No que concerne à metodologia de ensino aprendizado da educação a distância, os alunos mencionaram como vantagem desta modalidade a flexibilidade dos horários e a autonomia para estudos. A egressa do curso de Matemática, Margarete Barros afirmou durante o grupo de discussão que não trocaria a formação na modalidade a distância pelo formato presencial. “A metodologia exige disciplina, força de vontade e estimula o aluno a ter autonomia. Ou você estuda ou não consegue concluir o curso”, explicou.

No caso dos estudantes e egressos do curso de Matemática, a maioria tem a docência como objetivo profissional, por isso, o interesse pelo curso de licenciatura. Já no caso dos egressos do curso de Administração Pública, o foco é a atuação no mercado de trabalho, ainda que grande parte da turma também atue como docentes na Educação Básica e também no Ensino Superior em seus municípios pelo fato de terem graduação.

De acordo com a Coordenadora do polo, Geanice Cruz, os alunos egressos já estão inseridos no mercado de trabalho. “Todos estão trabalhando. Alguns passaram em concursos públicos e outros atuam no município via contrato”, afirmou.

Outro assunto recorrente entre os participantes dos grupos de discussão foi a necessidade de ampliar a oferta de cursos de graduação no polo de Cametá, e, sobretudo, da UFPA ofertar cursos de pós-graduação voltados para as áreas do conhecimento nas quais o polo tem atuado. Segundo os egressos dos cursos de Matemática e Administração Pública, ainda que a maioria já esteja empregada e atuando em suas áreas, todos anseiam por continuar a formação em nível de pós-graduação.

Histórico

O polo da UAB em Cametá foi inaugurado no dia 22 de agosto de 2009, iniciando apenas com o curso de graduação Licenciatura Plena em Matemática. O espaço é mantido a partir da parceria do Ministério da Educação, via Universidade Aberta do Brasil, com a Prefeitura Municipal de Cametá. A estrutura do polo conta com salas de aulas, biblioteca, quadra esportiva, laboratórios de química, biologia e informática.

Desde a sua fundação, o polo já formou 49 profissionais e há ainda outros 34 possíveis concluintes. 

Atualmente o polo está com quatro turmas abertas, uma de graduação em Licenciatura em Matemática e três de pós-graduação em Gestão de Saúde (Universidade Federal do Pará), Educação Ambiental (Universidade de Ouro Preto) e Planejamento, Implementação e Gestão de Educação a Distância (PIGEAD) (Universidade Federal Fluminense).