Banner Transmissão Ao Vivo

EditAedi lança três livros durante IX Abralin na UFPA

A EditAedi (Editora Universitária da Assessoria de Educação a Distância) da UFPA lançou na sexta-feira, 27 de fevereiro, três livros em formato de e-book durante o Abralin 2015 (IX Congresso Internacional da Associação Brasileira de Linguística), realizado em Belém do Pará. Os livros são Educação a Distância: particularidades e desafios, organizado por Maria Cristina Ataide Lobato, Alexandra Fogli Serpa Geraldine e Ana Lygia Almeida Cunha; Mediações Docentes em Fóruns Virtuais, de Maria Cristina Ataide Lobato; e O aluno mediador, de Ana Lygia Almeida Cunha.

Todos os livros já estão disponíveis gratuitamente no site da EditAedi. Segundo a professora Ana Lygia, que coordena o curso de Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa na modalidade a distância da UFPA, esses livros são resultado do investimento da instituição na área de educação a distância. Dois deles ("Mediações Docentes em Fóruns Virtuais" e "O aluno mediador") são resultados das teses de doutoramento das professoras e tiveram como corpus de pesquisa cursos a distância da UFPA. “É um retorno para a instituição”, afirma a professora Ana Lygia.

Já o livro "Educação a Distância: particularidades e desafios" é uma coletânea com estudos de diversas instituições, como PUC-SP, Unip, entre outras, sobre educação a distância. “Os estudos que eles contêm fazem parte de um processo que ainda está iniciando. Estamos formando um grupo de pesquisa que poderá render outros livros”, conta a professora Maria Cristina Ataide Lobato. Segundo ela, o material apresentado na Sessão Temática Interatividade e Mediação na Educação a Distância, dentro da programação da Abralin, já pode formar um novo livro, fomentando ainda mais a área. O formato de e-book é visto pelas professoras com rico em possibilidades de acesso e de fácil circulação. Assim como outras obras, eles estão disponíveis no repositório da EditAedi.

Para o professor José Miguel Martins Veloso, Assessor de Educação a Distância e Coordenador UAB da UFPA, esse momento é importante por demonstrar que a EditAedi está se firmando enquanto editora, ao lançar três livros de uma vez no IX Abralin. “A EditAedi já conseguiu se implantar. Já passou da sua fase inicial e está entrando em uma fase juvenil. Nosso trabalho dentro da graduação e da pós-graduação já se configura enquanto pesquisa, com trabalhos publicados. É importante para que mais pessoas possam adentrar nessa área e também publicarem trabalhos”, afirma.